terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Número de vítimas fatais de tubarões em 2007: Apenas uma

Vídeo: shark Hammerhead Attacks a Tarpon


MIAMI, EUA (AFP) - Uma jovem que mergulhava na ilha francesa de Nova Caledônia, no Pacífico Sul, foi a única vítima fatal de ataques de tubarão em 2007, a menor estatística dos últimos 20 anos em todo o mundo, anunciou nesta terça-feira a Universidade da Florida.


Ao todo, foram registrados 71 ataques de tubarão em 2007, mais do no ano anterior, quando 63 pessoas foram atacadas, resultando em ferimentos de variados níveis.


Apesar do aumento gradual dos incidentes nos últimos quatro anos, a diminuição de vítimas fatais parece ser resultado dos avanços médicos, de mais segurança nas praias e de mais consciência por parte de banhistas quanto ao risco representado pela presença de tubarões nas atividades aquáticas, segundo o relatório da universidade.


"O risco de um ataque de tubarão está muito presente em nossa psiquê", devido à insistência "dos meios de comunicação de massa, dos filmes, dos livros e da televisão nos últimos 30 anos", disse George Burgess, diretor do arquivo internacional de ataques de tubarões no Museu de História Natural, ligado à Universidade da Florida.


"Na realidade, as chances de morrer em um ataque de tubarão são infinitamente pequenas", afirmou.


O especialista considera impressionante que apenas uma morte tenha ocorrido em 2007 se for levado em consideração que há "centenas de milhões de pessoas em todo o mundo que passam centenas de milhões de horas na água, em atividades que provocam os tubarões, como o surfe".


Em 2005 e 2006, quatro pessoas morreram atacadas por tubarões, enquanto que em 2004 esse número chegou a sete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar