terça-feira, 13 de maio de 2008

Falcão peregrino, o mais rápido dos seres vivos

O majestoso Falcão Peregrino. The peregrine falcon.





Aqui no Brasil, aparece apenas no verão entre Novembro e Abril, vindo da América do Norte, fugindo do inverno boreal. É visto pousado sobre prédios altos, de onde lança-se em vôo para capturar aves, sua principal presa, entre elas o pombo doméstico. Também gosta de morcegos. Voltam todo ano para os mesmos pontos, na sua viagem migratória, alguns chegam a percorrer 22 mil km. O falcão peregrino, o mais rápido dos seres vivos atingindo quase 300 km/h, é certamente uma das mais espetaculares e admiradas aves da fauna mundial. O falcão peregrino é uma ave de médio porte com grandes olhos negros. A sua cauda é curta, ao contrário das suas asas, longas e pontiagudas, e das patas estreitas e longas. As suas penas das asas são rígidas e as restantes estão bem justas ao corpo, pelo que toda a sua fisionomia se encontra bem adaptada às suas performances de vôo. A fêmea é maior que o macho. O falcão peregrino é uma espécie ornitófaga, isto é, alimenta-se quase exclusivamente de aves. Mas apesar de ser um especialista, a sua ação predatória pode incidir sobre um número notavelmente alargado de presas. Dentro dos limites do seu território de caça, praticamente nenhuma outra ave se encontra totalmente isenta do risco de vir a figurar na ementa do falcão peregrino. Estão documentadas capturas de espécies tão pequenas como chapins ou tão grandes como gansos, e mesmo de outras rapinas como corujas, gaviões ou águias-de-asa-redonda. Uma das suas estratégias de caça consiste em subir nas correntes de ar quente (térmicas) a grande altura, deixando-se então cair sobre a presa avistada, num ângulo mais ou menos pronunciado e por vezes em queda livre vertical, com as asas aerodinamicamente coladas ao corpo, e controlando magistralmente a sua velocidade quer abrandando ligeiramente com as asas entreabertas, quer acelerando ainda mais com a ajuda de curtos e rápidos batimentos das asas. O vôo picado do falcão peregrino constitui sem dúvida uma das proezas mais extraordinárias do mundo animal, e quem teve o privilégio de assistir a tal espetáculo nunca o esquecerá, quando fazendo uso da sua incrível velocidade, abatem as presas simplesmente com o impacto, através de uma pancada dada com as patas recolhidas ou com a ajuda de uma das garras usada como uma lâmina mortal. Na maior parte dos casos, a presa tomba imediatamente mortalmente ferida, largando um tufo de penas, e é por vezes recolhida antes mesmo de cair no solo.A violência do impacto é de tal ordem, que muitas das aves deste modo abatidas apresentam geralmente asas partidas, contusões múltiplas, ou cortes profundos e mais ou menos extensos infligidos pelas garras do falcão em pontos vitais. São mesmo conhecidos casos em que a infeliz presa é decapitada em vôo, o que diz bem do poder deste excepcional predador, o falcão peregrino.

Ordem: Falconiformes
Família:Falconidae
Outros Nomes: Falcão real
Habitat:Campos, Montanhas, tundras, etc.
Distribuição: Todos os Continentes
Alimentação: Aves
Nome em inglês: Peregrine falcon
Fonte: avesderapinabrasil.com

2 comentários:

  1. texto interessante! gostei do blog!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom comentario,foi a inspiração para colocar nome em um clube de escoteiros(Desbravadores),Falcão real.
    O Falcão simboliza precisão, memória remota, coragem, sabedoria, iluminação, capacidade de visão à distância e ao pormenor, capacidade de viajar entre mundos.
    Abraçosss..

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar