terça-feira, 24 de março de 2009

Dragões-de-komodo atacam e matam homem na Indonésia, diz polícia

Vítima caiu de uma árvore e foi mordida várias vezes por dois lagartos.
Homem de 31 anos morreu horas depois, num hospital.

Da EFE

Dois dragões-de-komodo, considerado o maior lagarto do mundo, atacaram e mataram um homem que estava colhendo frutas na região central da Indonésia, informou nesta terça-feria (24) a polícia local.

O incidente ocorreu na segunda-feira (23) à tarde, quando os répteis atacaram a vítima, de 31 anos, quando ela caiu de uma árvore na ilha de Komodo, uma das três onde o animal vive. 

 

Foto: AFP
Filhote de dragão-de-komodo de um dia é exibido nesta terça-feira (24) em zoo de Surabaya, em Java Ocidental, na Indonésia. (Foto: AFP)

Segundo a polícia, citada pela agência oficial de notícias "Antara", o homem sofreu ferimentos graves por mordidas em todo seu corpo e morreu poucas horas depois em um hospital próximo à ilha, já que Komodo não possui centro médico.

Apesar de não costumar atacar humanos, mesmo sendo um caçador agressivo, um dragão-de-komodo, há um mês, feriu um trabalhador de um parque natural, e, em outro caso, em 2007, matou uma criança de 8 anos.

O dragão-de-komodo pode chegar a medir 3 metros e pesar até 150 quilos, e possui uma enorme mandíbula. A espécie corre risco de extinção, pois existem apenas quatro mil exemplares nas ilhas indonésias de Flores, Gili e Komodo.


dragão de Komodo é o maior dos lagartos que existem na terra. Habita na ilha de Komodo na Indonésia, e em outras pequenas ilhas adjacentes.

Este incrível gigante é um predador notável, já que por regra não mata instantaneamente a sua presa; morde, e a infecção causada pela sua mordedura vai acabar por matar o animal, ou mesmo o humano, ao fim de alguns dias. Depois, quando cheira a carne putrefacta - e o dragão consegue captar o cheiro até 7 km de distância! - dirige-se ao local, para então fazer o seu banquete. Como a carne já está em adiantado estado de putrefacção, os dragões arrancam pedaços com a boca e com as enormes unhas que possuem. O que normalmente acontece é que vários dragões chegam à mesma presa e ao mesmo tempo, sendo então a refeição partilhada, de forma hierárquica, mas sempre com algumas lutas entre eles. A hierarquia é estabelecida pelo tamanho corporal e força dos animais. 
As presas preferidas dos dragões de Komodo são os búfalos, os javalis, os cervos, os cavalos e os macacos.

Nestas ilhas, as habitações são construídas sobre estacas, dado que desde sempre muitos habitantes morreram, em virtude dos ataques destes bichos, que por vezes invadem as aldeias. Até há poucos anos, quase todos os humanos que eram mordidos acabavam por morrer. Com a evolução dos fármacos e com assistência mais rápida, começaram a ser salvas algumas pessoas, que ficam para sempre marcadas nas zonas afectadas pela mordedura. Outro aspecto que levou a algumas mortes foi o facto de só em pleno século XX, por volta de 1910, se ter dado a devida atenção a este animal, e às consequências da sua terrível mordedura.

Para se ter uma ideia do cocktail de bactérias existente na saliva destes bichos, se um dragão de Komodo se morder a ele próprio, acaba por morrer com as bactérias provenientes da sua própria boca!

Para a reprodução, as fêmeas fazem buracos no chão, onde depositam entre 24 e 30 ovos, que eclodem cerca de 40 dias após a postura. Muitos dos dragões que vão nascer nunca vão atingir a idade adulta. Alguns morrem às garras de outros predadores, outros são devorados por elementos da sua própria espécie. No entanto, estima-se que existam cerca de 5000 indivíduos desta espécie, número que se tem mantido estável.

Um dragão de Komodo pode medir até 3,00 m, pesar 120 kg e viver até 50 anos.

Fonte: bicharada.net

Um comentário:

  1. Abner Carlos de Lima3 de maio de 2010 09:27

    Axo que ja que vocês poin ai videos do DRAGÃO DE COMODO ! podia fazer uma pra alegra ne ,colocando um video dele atacando" bem na hora do ataque mesmo" tenho curisidade de ver ele atacando sua preza!
    se for possivel me avizem se colocar.

    by:ere_colombiano@hotmail.com

    GRATO

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar