sexta-feira, 20 de março de 2009

Texugo de mel: O animal mais corajoso da terra

O 'Guinness', o livro dos recordes mundiais classificou esta espécie como sendo o animal o destemido da terra. Apenas preste atenção a este vídeo para ver o porquê. Este fantástico bicho inacreditável pode enfrentar os mais temíveis animais do planeta sem medo. Animal surpreendente.




Texugo é um nome comum para cada animal das três subfamílias, nas quais pertencem à família Mustelidae: a mesma família mamífera como a dos furões, doninhas, lontras, e muitos outros tipos de carnívoros.

É um carnívoro de tamanho médio cuja característica diagnosticante é a presença de duas listas negras que atravessam longitudinalmente a cabeça branca desde as orelhas até quase à ponta do focinho. Pensa-se que estas listas podem funcionar como coloração de aviso. A restante pelagem é grisalha, à excepção das extremidades que são pretas. Este mustelídeo apresenta unhas muito desenvolvidas, especialmente nas patas anteriores, que utiliza para escavar. A cabeça triangular possui orelhas e olhos pequenos, pelo menos proporcionalmente ao resto da cabeça.

Existem vários os indícios que permitem detectar a presença de texugos sendo quase todos inconfundíveis. As suas pegadas têm uma forma arredondada e geralmente apresentam 4 dedos bem marcados assim como as suas unhas desenvolvidas. Os dejectos são depositados em pequenos buracos que eles mesmos fazem no solo, denominados de latrinas, onde podem ser depositados vários dejectos ao longo de muito tempo. As latrinas servem para marcação territorial podendo nelas serem depositadas secreções anais. Estes animais vivem em complexos de tocas – texugueiras - que consistem numa rede de galerias subterrâneas com uma ou várias entradas. As tocas de texugo além de geralmente terem latrinas nas suas proximidades, apresentam grandes quantidades de terra nas entradas provenientes das escavações por eles efectuadas, e por vezes nas suas imediações é possível observar trilhos bem marcados.

Leia mais sobre texugo em www.carnivora.fc.ul.pt/texugo.htm

Um comentário:

Sinta-se a vontade para comentar