domingo, 5 de julho de 2009

EUA: Gato vai 'preso' após voltar atacar cão

Felino chamado 'Hoppy' ficou em observação em centro de animais.
Russ King disse que gato atacou seu cão de estimação com arranhões.

Gato chamado 'Hoppy' atacou um cão e seu                 proprietário. (Foto: Reprodução/KSTP)
Gato chamado 'Hoppy' atacou um cão e seu proprietário. (Foto: Reprodução/KSTP)

O gato chamado "Hoppy" foi recolhido pela segunda vez em dois anos por uma entidade de controle e proteção de animais de Minneapolis, no estado americano de Minnesota, após ter atacado um cão e seu proprietário, segundo a emissora de TV "KSTP".

Russ King contou que estava andando com o seu cão de estimação, um maltês chamado "Charlie", na noite do dia de 20 de maio, quando um gato com a descrição de "Hoppy" atacou seu cachorro com arranhões. Quando ele tentou ajudar, o felino também o arranhou.

O dono do animal, Lee Noltimier, de 82 anos, rebateu as acusações e disse que "Hoppy", que tem 19 anos de idade, está muito velho e tem medo das pessoas, mas nunca causou ferimentos em ninguém. "Hoppy não morde, não arranha", afirmou o proprietário.

No entanto vizinhos afirmam que o gato é perigoso, tendo atacado um cão e seu dono em outra oportunidade, em 2007. "A declaração não é uma sentença de morte", disse Dan Niziolek, destacando que o proprietário precisa perceber que o gato é uma ameaça à segurança pública.

Devido ao segundo incidente, "Hoppy" foi levado para o centro de controle e proteção de animais, onde ficou "preso" em observação. Ele foi libertado na última terça-feira (23) depois de receber um microchip e ser vacinado contra a raiva.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar