sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Maus tratos impedem reconhecimento de raça de cão

foto: Sociedade Protetora dos Animais
Cachorros resgatados de residência
Dois cachorros e um gato, vítimas da covardia dos donos, foram resgatados da casa onde estavam na tarde desta sexta-feira (28). Os animais foram abandonados pelos proprietários do imóvel que se mudaram do bairro Guaranhuns, em Vila Velha. Eles foram deixados para trás sem água e sem comida. Um dos cães não teve a raça identificada devido ao péssimo estado de saúde em que se encontrava.

A Presidente da Sociedade Protetora dos Animais (Sopaes), Virgínia Brandão, afirmou que tomou conhecimento do abandono na quinta-feira (27) por intermédio de denúncias feitas por moradores locais.

Nesta sexta-feira (28) membros do instituto estiveram na residência indicada e confirmaram as informações repassadas. Os três animais foram encontrados já na frente do imóvel. Com apoio da Polícia Civil e do Centro de Controle de Zoonoses de Vila Velha, eles foram recolhidos.

Brandão ressaltou que os dois cachorros e o gato resgatados foram abandonados e viviam em um ambiente deplorável. "Era uma casa abandonada, imunda. Havia muitas fezes nessa residência e um mau cheiro muito forte. Disseram que os donos viajaram para São Paulo, levaram alguns animais e deixaram esses que encontramos".

Os animais estavam famintos, magros, mal tratados e em péssimo estado de saúde, salientou ainda a presidente da Sopaes. Cuidadosamente, eles foram recolhidos e levados a consultórios veterinários de Vila Velha para receberem tratamento.

Um dos cachorros é da raça Chow Chow. O outro não foi reconhecido já que estava muito debilitado. Após se reabilitarem, eles devem ser colocados para adoção.

Gazeta Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar