segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Leão contra Porco-espinho

Porco-espinho (Coendou prehensilis)

Os espinhos são pêlos duros modificados, alcançam até 10 cm e estão presentes na cabeça, pernas e parte anterior da cauda.


Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Família: Erethizontidae
Nome científico: Coendou prehensilis
Nome vulgar: Porco-espinho
Categoria: Ameaçado
Características físicas: as partes superiores são cobertas com fortes espinhos farpados de coloração branca ou amarelo pálido na base e na ponta, e preto ou marrom escuro no centro. Estes "espinhos", que na verdade são pêlos duros modificados (vibrissas), alcançam até 10 cm e estão presentes na cabeça, pernas e parte anterior da cauda. A região ventral é mais clara que a dorsal e é coberta por espinhos pequenos e macios. Sua cauda longa e preênsil tem entre 30 a 57 cm, com a parte anterior espinhosa e a posterior nua. Esse animal tem em média 54 cm de comprimento e pesa cerca de 4 kg.
Alimentação: come sementes de frutos, cocos, cascas de árvores e provavelmente folhas. Pode, eventualmente, invadir roças e pomares.
Biologia e comportamento social: solitário, sai à noite ou na hora do crepúsculo em busca de alimento. De dia descansa no alto das copas das árvores ou abriga-se em troncos ocos. Tem movimentos lentos, mas está bem adaptado para a vida nas árvores, usando a cauda para prender-se aos galhos e mover-se entre as árvores.
Reprodução: após uma gestação que dura de 195 a 210 dias, nascem um ou dois filhotes com cerca de 390g. Ele é alimentado diariamente pelos pais por cerca de 70 dias.
Predadores: jaguatirica e outros felinos.
Longevidade: média de 10 anos.
Habitat: em todo o país.

Fonte parcial: Guia Ilustrado de Animais do Cerrado de Minas Gerais. 2.° edição. CEMIG. Editare Editora.2003.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar