terça-feira, 8 de setembro de 2009

À procura de um bicho de estimação? Conheça a chinchila

Elas são pequenas, dóceis, adoram receber carinho e estão prontas para se tornar o bichinho de estimação da vez. As chinchilas já fazem o maior sucesso entre crianças e adultos de todo o mundo. Aqui no Estado, não é muito diferente. Segundo o criador Renilton Peixoto, só em Vila Velha existem cerca de 500 desses bichinhos.


Parecidos com um coelho, mas espertas como um cãozinho, elas são perfeitas para se criar em apartamentos. Comem pouco, não exalam cheiro, passam a maior parte do tempo na gaiola e, o melhor, adoram interagir com as pessoas, principalmente à noite. "As chinchilas são animais de hábitos noturnos, muito calmos e amorosos", explica Renilton.

Um animal como esse pesa, no máximo, um quilo, vive cerca de 12 anos e pode ser adquirido por até R$ 100,00. Os mais caros, porém, custam até R$ 1.500,00 - o valor varia de acordo com a cor do pelo do animal. As fêmeas, também, são mais caras.

É do pelo desses animais que são feitos alguns dos casacos de pele mais caros do mundo. Isso porque o pelo das chinchilas é extremamente macio. "Em cada folículo capilar humano sai um fio de pelo, mas em cada folículo capilar das chinchilas saem de 80 a 100 fios de pelo", explica o criador.

Na propriedade onde cria os animais, há quase 10 anos, em Domingos Martins, Renilton possui de 600 a 700 filhotes e adultos. Cada fêmea cria, em média, duas vezes por ano e têm de um a dois filhotes.

Ideais para quem gosta de animais de estimação, mas prefere não ter trabalho, as chinchilas prometem agradar a todas as idades. Segundo Renilton, elas podem ficar até três dias em casa com comida e água suficiente, e interagem muito bem com as pessoas. "Até pelo nome elas costumam atender quando são chamadas pelo dono", diz.

Conheça o animal

Tempo de vida. De 10 a 15 anos

Peso. De 800g a 1kg

Gestação. 111 dias

Criação. Geralmente, as fêmeas criam duas vezes por ano e têm de um a dois filhotes

Pelo. O pelo da chinchila é muito macio. Enquanto cada folículo capilar humano produz um fio; na chinchila, produz de 80 a 100 fios

Tipos. Se diferenciam, basicamente, pela cor: cinza, bege, preta, preta com barriga branca, marrom, branca e malhada

Preço. Varia de R$ 100 a R$ 1,5 mil, dependendo da cor – os cinzas são os mais baratos, e os de cor preta ou branca, os mais caros

Hábitos. As chinchilas podem ficar a maior parte do tempo dentro de uma gaiola, mas também gostam de sair. Elas têm hábitos noturnos e enxergam melhor à noite

Alimentação. Alimentam-se de ração peletizada especial. Elas comem cerca de 30 gramas de ração por dia, adoram ameixas e passas e tomam pouca água

Banho. Atenção: não se pode dar banho com água. O banho deve ser seco, com carbonato de cálcio, duas vezes por semana

Frio. As chinchilas preferem ambientes frios. Em situação extrema de calor, elas podem ficar arredias ou extremamente quietas. Para recuperá-las, é importante levá-las a algum ambiente com temperatura baixa

Animais são fiéis companheiros de estudante
A estudante Renata Dalvi, 25, sempre foi apaixonada por animais e fazia de tudo para convencer o pai a ter um cão em casa. Há um ano e meio, porém, ela descobriu, pela internet, a chinchila e decidiu que ela seria a sua mais fiel companheira. Resultado: comprou um casal de animais: Milla e Thomy. O macho morreu há cerca de quatro meses, mas deixou uma herança especial: um filhote. "Elas são muito espertas. Adoram ficar no colo, andam pelos braços, fazem a maior bagunça com a gente", conta. A paixão pelo animal foi imediata. "Quando percebi que a Milla atendia pelo nome quando a chamava, vi que eles interagiam mais do que eu imaginava", diz.

08/09/2009 - (A Gazeta)

Autora: Priscilla Thompson

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar