sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Morcegos fazem sexo oral para prolongar a relação

Morcegos asiáticos de uma espécie frutívora que se alimenta de frutas praticam sexo oral, o que contribui para aumentar o tempo da cópula, mostra uma pesquisa publicada no periódico PlosOne.



O trabalho, produzido por cientistas do Instituto de Entomologia de Guangdong, na China, entre outras instituições, registrou que as fêmeas da espécie Cynopterus sphinx frequentemente lambem o pênis de seu parceiro durante a copulação ventral.


"A fêmea abaixa sua cabeça para lamber a parte intermediária ou a base do pênis do macho, mas não lambe a área da glande, que já penetrou a vagina", descreve o estudo.


Os machos "nunca retiravam seu pênis quando era lambido pela parceira", completam os pesquisadores, que dizem que quanto mais tempo a fêmea lambia o pênis do macho, mais durava a cópula.


Apesar de frequente no mundo humano, o sexo oral foi raramente documentado em outros animais.


O comportamento já foi detectado em macacos bonobos, mas apenas como um "brincadeira" entre machos jovens.

Folha Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar