sábado, 12 de dezembro de 2009

"Encalhadas". Baleias morrem em praia na Itália


Animais foram encontradas na costa de Puglia na quinta-feira (10).
Especialistas dizem que fenômeno é raro no Mediterrâneo.

Foto: MARIO LAPORTA/AFP

Ao menos cinco baleias morreram após nove ficarem encalhadas na praia na costa sul da Itália (Foto: MARIO LAPORTA/AFP)

 Ao menos cinco baleias morreram após nove ficarem encalhadas na praia na costa sul da Itália, o que especialistas consideram uma evento raro no Mediterrâneo.

As baleias, medindo até 10 metros de comprimento e pesando várias toneladas cada uma, foram encontradas na costa de Puglia na quinta-feira, segundo ministro do Meio Ambiente. Quatro delas já estavam mortas, segundo o ministro.

Inicialmente, nove baleias ficaram encalhadas, mas duas delas conseguiram escapar, segundo o Greenpeace, que chamou o episódio de "extraordinário" tanto pela quantidade de animais como pela presença de baleias na região nesta época do ano.

Mais uma baleia morreu no sábado e as outras duas devem ser sacrificadas, pois há poucas esperanças de salvá-las, segundo agências de notícias locais.
Foto: MARIO LAPORTA/AFP

Inicialmente, nove baleias ficaram encalhadas, mas duas delas conseguiram escapar, segundo o Greenpeace (Foto: MARIO LAPORTA/AFP)


O biólogo Maurizio Wurtz, da Universidade de Gênova, disse ao La Stampa que um incidente tão numeroso é "extremamente raro no Mediterrâneo". Especialistas afirmam que o encalhe de baleias é mais comum em áreas como a Austrália.

Ativistas e biólogos afirmaram que a poluição e o ruído de atividades navais ou pesquisas para a exploração de petróleo podem confundir as baleias e interferir na comunicação dos animais, levando a tais incidentes.

A guarda costeira italiana afirmou que uma operação estava em andamento para recuperar as carcaças para autópsias.

Da Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar