sábado, 12 de dezembro de 2009

Inseto raro aparece no Centro de Vitória


gazeta online

Corpinho de cigarra, asas de mariposa e cabeça de jacaré. O estranho inseto foi encontrado na manhã de sábado (12) no centro de Vitória pelo pedreiro Antônio José Vieira,o Toninho, 35 anos. O inseto tinha aproximadamente seis centímetros e além da cabeça de jacaré possuía duas manchas com formato de olhos nas asas.

Sem tentar voar, o inseto caminhava livremente pelos braços de Toninho. "Ele é de outro mundo, está sem força esse bicho", conta. Toninho disse que viu o Jacaré-borboleta, como ele batizou o inseto, com um homem em frente à Igreja do Carmo. O Jacaré-borboleta cativou Toninho, e ele ofereceu uma Coca-Cola em troca do animal.

A oferta no entanto foi recusada, então Toninho ofereceu R$ 5,00 pelo bichinho e conseguiu comprar o inseto. "Vou procurar alguém que saiba o que é isso", disse Toninho, que também considerou a possibilidade de levar o inseto para casa e descobrir o que ele come.

O Jacaré-borboleta na verdade se chama Fulgora Lanternaria, um inseto raro parente da cigarra. É um animal inofensivo de hábitos noturnos, se alimenta do néctar de frutas e seivas vegetais e é encontrado em toda América do Sul. O animal também é conhecido como Jequitiranabóia, cobra-voadora ou cigarra-cobra.

O longo nariz e os olhos pintados em nas asas, provavelmente, são uma forma de defesa, intimidando predadores que podem confundir a Jequitiranabóia com outro animal mais perigoso.

Um comentário:

Sinta-se a vontade para comentar