sábado, 1 de maio de 2010

Gato mais revoltado do Reino Unido é acusado de voar sobre carteiros

O nome do gato já explica um pouco seu temperamento. Tigre, de 19 anos, é conhecido em Leeds, na região central da Inglaterra, como animal feroz e intolerante com carteiros. Qualquer funcionário da companhia de Correios que se aproxima da casa de Tracy Brayshaw, dona do felino, leva arranhões, ferimentos e mordidas. O bicho não gosta de entregadores de cartas e voa sobre eles sem dó.

Tigre corre atrás dos homens pelo jardim da casa e monta guarda na caixa de correspondência. Três carteiros foram atacados e acabaram no hospital. A maioria sai da casa de Tracy com hematomas.

Foto por Reprodução (telegraph.co.uk) - A dona quis contratar pombos correios - mas Tigre ameaçou as aves

A proprietária do gato tem pedido aos carteiros para deixar suas cartas na residência de vizinhos.

- Mas ele também fica de olho nos carteiros subindo em árvores. Parece que não gosta desses trabalhadores. É estranho. Há duas semanas não recebo cartas de jeito nenhum, disse Tracy ao jornal Telegraph na quarta (7).

A companhia de Correios suspendeu a entrega de correspondência na casa dela. Tracy está apelando contra a decisão. Escreveu um e-mail – e não uma carta, só para garantir – para a direção da empresa relatando seu problema.

- O mais estranho é que Tigre dorme umas 20 horas por dia. Nas outras quatro, vira o felino mais selvagem do mundo e ataca carteiros.

O Departamento de Comunicação dos Correios informou que não vai chegar perto da casa porque o gato é muito perigoso. Explicou que é por uma questão de saúde e segurança.

Um porta-voz da empresa declarou:

- Lamentamos o inconveniente à senhora Brayshaw. Queremos entregar as cartas assim que o problema estiver resolvido. Mas sem deixar nossos funcionários com ferimentos.

Um treinador foi chamado para domar o bicho. Mas ele o atacou também. A reportagem do Telegraph preferiu não ouvir Tigre, com medo de retaliações.
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar