quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Cientistas descobrem nova espécie de minirrã na Indonésia

‘Microhyla nepenthicola’ foi localizada em Bornéu.
Rã tem o tamanho de uma ervilha.


Cientistas anunciaram nesta quarta (25) a descoberta de uma nova espécie de rã, do tamanho de uma ervilha, a Microhyla nepenthicola, que tem o tamanho de uma ervilha. O anfíbio, encontrado na ilha de Bornéu (Malásia), no sudeste asiático, é o menor já registrado na Ásia, África e Europa.

O comprimento dos machos adultos da nova espécie varia entre 10,6 e 12,8 milímetros.
 (Foto: Indraneil Das via Reuters)

A minirrã foi batizada de Microhyla nepenthicola, em homenagem à planta na qual ela vive em Bornéu, segundo a revista de taxonomia "Zootaxa".

Indraneil Das, do Instituto de Biodiversidade e Conservação Ambiental da Universidade Malaysia Sarawak, disse que a espécie havia sido originalmente identificada incorretamente em museus.

"Alguns cientistas podem tê-las confundido com espécimes jovens de outras espécies. Mas trata-se de indivíduos adultos da nova microespécie", afirmou.

Das publicou um artigo com Alexander Haas do Museu Zoológico de Hamburgo, na Alemanha.


Espécie é a menor já descrita por pesquisadores na Ásia, África ou Europa. (Foto: Indraneil Das - Instituto de Biodiversidade e Conservação Ambiental / via Reuters)



Nome Científico
Microhyla nepenthicola sp. novembro
Onde
Matang Range, Sarawak, Bornéu malaio
Quando
Publicado em agosto de 2010, em Zootaxa


Anotações de campo
Dada a pequena dimensão das espécies, encontrando espécimes foi particularmente difícil: a maioria eram controladas pelos seus apelos, que são duras notas ásperas. Os machos se reúnem em torno do jarro plantas no crepúsculo chamar.


Ouça a esta "sinfonia de anfíbios" 

Descobridor

Drs.Indraneil Das Haas e Alexander, do Instituto de Biodiversidade e Conservação Ambiental na Malásia Universiti Sarawak, e Biozentrum Grindel und Zoologisches Museu de Hamburgo, respectivamente, com o apoio da Fundação Volkswagen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar