domingo, 15 de agosto de 2010

Titanoboa, a maior cobra que existiu no nosso planeta

Titanoboa, a cobra gigante que viveu há cerca de 60 milhões de anos.

A maior cobra do mundo foi uma espécie de serpente que viveu há cerca de 60 milhões de anos,ou seja, 6 milhões de anos após o desaparecimento doTyrannosaurus rex, no período Paleoceno,  nas florestas tropicais da América do Sul. Trata-se da única espécie incluída no gênero Titanoboa. Através da comparação do tamanho e forma das suas vértebras fossilizadas com aquelas das cobras atuais, os investigadores estimam que medisse cerca de 13 metros de comprimento, 1,1 metros de diâmetro e pesasse cerca de 1 100 kg, o que faz desta a maior espécie de serpente alguma vez descoberta. Foram encontrados fósseis de 28 indivíduos desta espécie nas minas de carvão de Cerrejón, Colômbia no início de 2009. Antes desta descoberta eram poucos os fósseis de vertebrados deste período descobertos nos antigos ambientes tropicais da América do Sul.


"Verdadeiramente cobras enormes realmente faíscam a imaginação das pessoas, mas a realidade ultrapassou as fantasias de Hollywood", disse o paleontólogo de vertebrados do Florida Museum, Jonathan Bloch, que co-liderou a expedição, com Carlos Jaramillo, um paleobotanist do Smithsonian Tropical Research Institute, no Panamá. "A serpente que tentou comer Jennifer Lopez no filme 'Anaconda' não é tão grande como o que encontramos."

Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto em Mississauga e autor sênior do estudo, descreveu Titanoboa desta maneira: "A cobra tinha um corpo  tão grande que se decidisse  vir ao meu escritório para me comer, ela teria literalmente que se espremer através da porta. "

Durante a expedição, os cientistas encontraram muitos esqueletos de tartarugas gigantes e de parentes de crocodilos primitivos extintos, de 2,1 metros de comprimento. O Cerrejonisuchus improcerus  não teria  uma chance contra os 13,7 metros de comprimento da Titanoboa.

"Antes do nosso trabalho, não havia fósseis vertebrados encontrados entre 65 milhões e 55 milhões de anos atrás na América do Sul tropical, deixando-nos com uma compreensão muito pobre de como era a vida na região Neotropical do norte", disse Bloch. "Agora temos uma janela no tempo logo depois que os dinossauros foram extintos e podemos realmente ver o que os animais que vieram a substituí-los."

Você está olhando para as vértebras de duas espécies de cobra. O menor modelo da esquerda pertence à anaconda, uma serpente gigante que pode crescer até 7 metros de comprimento e pesar até 45 kg. A extinta Titanoboa  pesava cerca de 1100 kilos e 13 metros de comprimento.


As dimensões da serpente gigantesca é um sinal de que as temperaturas ao longo do equador eram muito mais quentes, disse Bloch. Cobras e outros animais de sangue frio são limitados no tamanho do corpo pela temperatura ambiente do local onde vivem.

"Se você olhar para os animais de sangue frio e sua distribuição no planeta hoje, os grandes estão nos trópicos, onde é mais quente, e eles se tornam menores a distância maiores do equador", disse ele.

"Baseado no tamanho da cobra, a equipe foi capaz de calcular a temperatura média anual equatorial da América do Sul há 60 milhões de anos em cerca de 91 graus Celsius, cerca de 10 graus mais quente do que hoje", disse Bloch.

A presença de cobras e tartarugas de água doce mostra que até 60 milhões de anos atrás as bases do ecossistema amazônico moderno tropical estavam no lugar, disse ele.

Harry W. Greene, professor do departamento de ecologia e biologia evolutiva na Universidade Cornell e um dos maiores especialistas mundiais em cobra, disse que o "colossal"  tão antigo que os investigadores encontraram tem "implicações importantes para a biologia de serpentes e nossa compreensão da vida antiga nos  trópicos. "

Jason McManus

Pesquisas relacionadas a Titanoboa
titanoboa existe
titanoboa filme
megalodon
cobras gigantes
titanoboa monster snake
titanoboa cobra

Um comentário:

  1. e eu pensandoo que era a anaconda maior cobra do mundoo, pois é me enganei, fiquei triste em saber que a titanoboia foi extinta, mais fazer o que né, obrigada ao site por me dar essas informacões muito valiosas beijooo.

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar