quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Touro salta para a bancada e fere 40 pessoas‎

Um incidente causou pânico e corre-corre em uma arena de touros em Tafalla, na região de Navarra, no norte da Espanha. Um touro saltou a barreira da arena e chegou à arquibancada lotada, ferindo cerca de 40 pessoas, segundo autoridades regionais. O tumulto, ocorrido na quarta-feira, durou alguns minutos, até o touro ser controlado nas grades e, em seguida, sacrificado.


O governo local afirmou em comunicado que o animal caiu sobre um menino de dez anos, levado a um hospital da capital regional de Pamplona. O garoto está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Um homem sofreu um ferimento nas costas. Outros 38 espectadores tiveram lesões menos graves.

Hoje o governo regional informou que ainda estão hospitalizadas três pessoas em Pamplona, cidade famosa por suas festas de San Fermín e por suas corridas de touros. As autoridades disseram que a maioria das pessoas era formada por jovens e quase todos conseguiram fugir rapidamente do touro, o que evitou um número maior de feridos.

AE-AP - Agência Estado

Vídeo: Touro invade arquibancada lotada na Espanha Tafalla (Navarra) toro en la grada (18-8-2010)

Catalunha proíbe touradas e levanta polêmica na Espanha
Veto entra em vigor em 2012


Reação antiespanhola típica de uma região famosa pelo sentimento separatista ou uma simples rejeição à crueldade contra os touros? A Espanha foi tomada pelo debate sobre a proibição das touradas, decidida nessa quarta, dia 28, por deputados catalães. Com o veredicto, os políticos da região vêm sendo acusados de tentar apagar da Catalunha uma tradição nacional.

A acusação partiu dos círculos políticos conservadores, que veem na decisão um reflexo revanchista após a rejeição, no fim de junho, pelo Tribunal Constitucional da Espanha, de parte do novo estatuto de autonomia da Catalunha. A presidente regional de Madri, Esperanza Aguirre, disse que a proibição “nada tem a ver com os maus-tratos contra os animais”, mas busca “romper laços entre a Catalunha e o resto da Espanha”.

O veto às touradas foi aprovado por 68 votos a favor, 55 contra e nove abstenções e valerá a partir de 2012. A medida recebeu o apoio dos deputados do partido separatista catalão ERC e de 32 dos 48 representantes do partido nacionalista moderado CiU. Durante as discussões que precederam a votação no parlamento regional, o separatismo foi um tema evitado. Os adversários das touradas citaram a “crueldade” e a “barbárie” do espetáculo, enquanto seus partidários pediram “liberdade” de escolha para os amantes dessa tradição “cultural”.

Especialistas catalães viram na decisão nada além de uma consequência lógica do desinteresse progressivo do público pelas touradas na Catalunha, onde a praça de touros Monumental de Barcelona é um raro caso de continuidade à organização desse tipo de espetáculo. Assim, a proibição não é considerada uma grande perda. As touradas já eram proibidas nas Ilhas Canárias. (Fonte: Canal Rural)

Um comentário:

  1. http://img40.imagefra.me/img/img40/8/8/17/daliondolka/f_nuhuwbpewk4m_4e3718a.png

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar