sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Hipopótamo 'bom-samaritano' salva vidas de filhotes de gnu e zebra em rio

Muitas vezes animais não são considerados como tendo afeição por outras espécies. Eles mostram grande afeição por seus pares, mas muitas vezes não são conhecidos a fazer o mesmo para os animais de diferentes espécies. No entanto, um hipopótamo, não só mostrou que tem carinho por qualquer espécie em particular, mas o animal apresentou grande amor a duas espécies diferentes.

O animal que foi apelidado de "Bom Samaritano" por alguns meios de comunicação surpreendeu a todas as testemunhas que estavam no Santuário Olonana no Quênia, quando salvou um jovem gnu e uma jovem zebra.


Turistas em um safári na África ficaram boquiabertos ao testemunhar um hipopótamo resgatando outros animais durante a travessia de um rio infestado de crocodilos.

Os visitantes tinham ido ver a migração de um grupo com milhares de gnus, que viaja entre o Quênia e a Tanzânia em busca de novos pastos.

Durante a dramática travessia do rio Mara, uma mãe gnu foi separada de seu filho, que foi levado pela correnteza. Um hipopótamo fêmea que observava tudo perto dali foi em direção ao bebê gnu e o empurrou gentilmente até à margem.

Lemala Camps/BBC Brasil
Depois de observar travessia de rio cheio de crocodilos, hipopótamo resgata filhote de zebra

Quando parecia que o animal ia se afogar, o hipopótamo utilizou a sua cabeça e empurrou o animal para o banco. Depois desse ato impressionante de "amor", o gnu levantou-se em seus pés e correu para a mãe que o tempo todo ficou olhando, impotentes. Os outros animais tinham ido embora.

Justamente quando os espectadores do cena fantástica estavam discutindo que acabara de acontecer, uma jovem zebra também caiu no rio. Mais uma vez o hipopótamo "bom" estava na mão para salvar a zebra também.


Depois de observar travessia de rio cheio de crocodilos, hipopótamo resgata filhote de zebra
Apenas dez minutos depois, o mesmo hipopótamo viu uma pequena zebra lutando para cruzar o rio e, novamente, a ajudou a atravessar a forte torrente.

EPISÓDIO RARO

Os hipopótamos não são geralmente descritos como agressivos, a não ser quando acham que seu território está sob ameaça.

"Esta situação em particular é muito rara, mas essa parte do rio Mara é conhecida pela ocorrência de episódios incomuns, já que é ali que os gnus cruzam o rio cheio de crocodilos", disse David Spooner.

"No início, nosso guia Abdul Karim e os hóspedes acharam que o hipopótamo iRIA atacar, mas aí eles perceberam que eram os instintos maternos surgindo no hipopótamo fêmea quando ele viu o bebê gnu e o perigo representado pelos crocodilos", conta Spooner.

"O amor maternal é tão forte que pode até ultrapassar a barreira da espécie", disse o guia Abdul Karim.

Guias também registraram o episódio e descreveram os resgates realizados pelo hipopótamo como "milagrosos" em websites.

thaindian.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar