sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Top 10 raças de cães mais populares e famosos do Brasil





01. Retriever do Labrador – Extremamente dócil, inteligente e bagunceiro, a raça mais popular do mundo também a mais querida no Brasil. Os cães desta raça são muito amorosos, gentis e compassivos para com seu dono. É também a raça mais popular de cão de assistência no Canadá, nos Estados Unidos, Austrália, Reino Unido e em muitos outros países, bem como sendo amplamente utilizado pela polícia e outros órgãos oficiais por a sua habilidade detecção e capacidade de trabalho. Normalmente, Labradores são atletas, e amam nadar, jogar bola e recuperar, e são bons com crianças pequenas.

02. Yorkshire Terrier – Pequeno, mas imperativo, esta raça subiu várias posições no ranking nos últimos anos. O Yorkshire Terrier tem uma grande personalidade, apesar de seu pequeno tamanho. Eles são corajosos, travessos, e procuram oportunidades para a aventura. São cheios de energia e coragem e muito fiéis, inteligentes e determinados. Embora às vezes desconfiem de estranhos. Muito afetuosos com os membros da família. Eles não gostam de ser incomodadas ou importunados, e geralmente sentem-se melhor junto aos mais velhos e a crianças mais atenciosas. Eles podem ficar irritados se ficarem com medo ou forem surpreendidos. Como muitas outras raças terrier, o Yorkshire Terrier pode ser agressivo com cães estranhos e pequenos animais. Embora esta raça possa às vezes ser um pouco teimosa, eles são geralmente sensíveis às ordens e fáceis de treinar. Eles gostam de latir, mas podem facilmente ser ensinados a não fazê-lo.

O Yorkshire Terrier é muito amigável com crianças, gosta de ser levado em caminhadas e gosta de brincar com o seu dono. Eles são muito inteligentes. O Yorkshire Terrier também é muito bom no treinamento.

03. Poodle – Eis o famoso Cachorrinho de Madame. Muito inteligente, esperto e folgado. Apesar do que seus cachos podem lhe fazer crer, o poodle não é um brinquedo macio. É mais esperto em esportes e excelente no treinamento de obediência. Primeiro criado na Alemanha como um retriever (característica de cães de busca) da água, o penteado poodle foi concebido por caçadores para ajudar os cães a se mover mais eficazmente através da água. O cabelo protege os órgãos vitais e as articulações mais vulneráveis ao frio. Três variações de tamanho existem: o padrão, o mais velho dos três, é o único a ter seu genoma seqüenciado; a miniatura pode ter sido usada para farejar trufas – um fungo comestível considerado uma iguaria; e o poodle usado frequentemente em espetáculos e mantido como um animal de estimação mimado. O poodle foi o cão de estimação mais encontrado nas casas durante o reinado de Luís XVI em França. Poodles podem ter uma variedade de cores, incluindo branco, preto, abricó e cinza. Mas uma pesquisa publicada em 2007 revela que todos os revestimentos vêm de um gene chamado beta-defensina que codifica a cor da pelagem preta e amarela, ou seja, todas as cores de poodle são apenas modificações de amarelo e preto.

04. Golden Retriever – Raça super agitada, dócil, brincalhona e inteligente. Este cão inteligente foi criado para o Lord Tweedmouth, que queria um retriever adaptado ao clima, terreno, e jogos de caça escoceses. Assim, ele cruzou o “Yellow retriever” com o agora extinto “Tweed Water Spaniel”. Mais tarde, cruzamentos de “Irish setter”, “bloodhound” e outro “Tweed Water Spaniel” produziram o Golden Retriever de hoje. Sua mentalidade forte não só o torna um caçador soberbo, mas também um guia ideal para busca, salvamento e assistência.

05. Dachshund – Esta raça está aí há tempos, bem antes da popularização dos Pet Shops. Dachshund, mais conhecido no Brasil como salsicha ou cofap. O nome "dachshund" é do alemão de origem e significa literalmente "cão texugo", de Dachs ("texugo") e Hund ("cachorro"). Dachshunds são brincalhões, mas podem ser teimosos, e são conhecidos por sua propensão para a caça de pequenos animais, pássaros e bolas de tênis com grande determinação e ferocidade.

06. Boxer – Dócil e amigo, mas ao mesmo tempo agressivo. Conhecido por ficar em pé sobre as patas traseiras para brigar com um oponente, esta raça de cão parece estar lutando boxe com as patas dianteiras. Na realidade, quando se desenvolveu na Alemanha no século 19, os boxers foram utilizados para brigas de cães, bem como para impedir que animais grandes como javalis escapassem até que o caçador chegasse. Eles vieram pela primeira vez aos Estados Unidos depois da Primeira Guerra Mundial, aumentando sua popularidade no final dos anos 1930. E apesar de terem sido usados para brigas de cães, o boxer é hoje mais conhecido por seu amor pelo carinho humano, especialmente de crianças.


07. MaltêsQuem tem diz que nunca terá outra raça de cachorro. Amados companheiros de príncipes e princesas para mais de 2.000 anos, o maltês sabe como se comportar: Eles são gentis, obediente, amoroso e educado criaturas bem que amor, atenção e carinho e saber como voltar a favor. No entanto, malteses têm uma energia destemida que os torna um pouco mais de um punhado do que o seu cãozinho, típico dócil. Eles gostam de correr no quintal, jogar perseguir e saltitar em poças de lama. Mas, quando a brincadeira acaba, eles são excelentes carinho no bebê.

Maltês são perfeitos para os citadinos. Eles são calmos, gentis, educados e felizes com 20-30 minutos diários caminhadas. Na verdade, alguns malteses até preferem pequenos espaços (quintais e pequenos) Grande com crianças, especialmente as mais velhas, maltês fica confiante em torno de outros cães, sem ser excessivamente confiante, o seu destemor tende a torná-lo auto-confiante do que defensiva.

08. Beagle – Bagunceiro, barulhento e extremamente agitado. Talvez o indivíduo mais conhecido desta raça, Snoopy, não dê uma imagem verdadeira dos beagles. Eles não são parecidos com os humanos (e não se confundem com eles), e sim são perspicazes cães de caça com um temperamento muito alegre, características que fizeram do beagle uma das raças mais populares nos Estados Unidos. Em 1500, senhores ingleses caçavam com beagles. Os cães maiores controlavam cervos enquanto os menores farejavam coelhos. Na verdade, o nome beagle pode ter vindo do termo francês “be’geule”, referindo-se ao seu latido quando vai à caça, ou devido ao tamanho diminuto do cão.

09. Bulldog – Com cara de preguiçoso, esta raça vem ganhando espaço no gosto popular. Este cão deve sua popularidade à sua natureza e aparência adorável – quem consegue resistir a sua face achatada e enrugada? Seus narizes achatados, porém, podem torná-los suscetíveis ao superaquecimento, pois os cães se esfriam através da respiração. Com um nariz mais curto, há menos área de superfície sobre a qual a troca de calor pode ocorrer. Apesar de ser extremamente afetuoso agora, o buldogue recebeu seu nome devido à sua ligação com brigas de touros nas Ilhas Britânicas. Os primeiros buldogues eram cachorros de briga e tinham de ser ferozes e quase insensíveis à dor. Depois que a prática se tornou ilegal na Inglaterra em 1835, os criadores de cães decidiram se livrar da mordida do buldogue. Dentro de apenas algumas gerações, o cão se tornou a personificação da doçura.

10. Pastor Alemão – O bom e velho cão policial. Sai ano, entra ano, e esta raça continua firme e forte no TOP 10. O pastor alemão é padrão ouro quando se trata de cães guardas, policiais ou militares. A raça foi derivada de uma mistura de pastoreio e cães de fazenda e se originou em 1899 em Karlsruhe, Alemanha. Sua estréia na América ocorreu em 1907. O pastor alemão aparece entre os cães mais populares todo ano.

Algumas outras raças também estão ficando bem conhecidas e populares no país, tais como o Pug, Pit Bull, Shih Tzu, Schnauzer, Border Collie, Cocker Spaniel, Basset Hound, Bull Terrier entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar