quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Urutau, ave-fantasma é vista no Espírito Santo

Ave rara é vista em fazenda

A presença de um pássaro que parecia estar em extinção na Região Noroeste do Estado chamou a atenção dos moradores do Córrego de Itá, localidade do interior do município de Barra de São Francisco. Trata-se de um urutau, nome que em tupi-guarani significa ave-fantasma. A ave, que com seu canto assustador rendeu várias lendas pelo interior do país, sobretudo relacionadas a assombrações, foi avistada na propriedade de Antônio Rosa Brum, na semana passada. De acordo com informações dadas pela bióloga Renata de Moraes Mendes, da Secretaria de Meio Ambiente do município, o urutau deve ter sido atraído pela incidência de chuvas na região.


Conheça o urutau
- Alimento
A ave tem hábitos noturnos e se alimenta de insetos

- Olho mágico
Quando fecha os olhos, ela observa por duas fendas localizadas nas pálpebras superiores, que funcionam como uma espécie de olho mágico

- Camuflagem
O pássaro utiliza as plumas para se camuflar, se passando por um pedaço de madeira, um galho ou um tronco.

A Gazeta

12 comentários:

  1. são carlos 01/01/2011
    pegamos uma ave em um condomínio em são carlos ela realmente é fantástica e linda

    ResponderExcluir
  2. pois é...agora começou a criar no sul do brasil.Achamos uma em tunapolis sc

    ResponderExcluir
  3. OI! HJ apareceu uma em ANCHIETA-ES, a 400 KM de Barra de São Francisco. Creio que não é a mesma, pois lá em Anchieta está com filhote.

    RONALDO SANDRINI

    ResponderExcluir
  4. ENCOTRAMOS UM URUTAL EM CAMPO GRANDE MS, É REALMENTE FACINANTE E ASSUSTADOR POIS ELA FICOU NO MESMO LOCAL DES DE DE MANHÃ ATÉ APÓS AS 17 HORAS.

    ResponderExcluir
  5. tinha um urucuru na minha casa eu fique dando comida pra ele ele gosto de mim ele vem todo dia aqui em casa ela vem me ve quamdo eu vo pra escola ela chora porque ele que que eu fique com ele el ja viro meu bichinho de estimação mais ela é livre ele é facinante ele asunta ele tem em ferão ele ja me mordel doiiii muito ele é asuntador mais eu amo ele ele é grande o tamanho de é 40 por 40 ele é inorme gosto muito de brinca com ele e tenho um gato perça e tenho um jaboti eu queri ser biologa quando creser ue tenho 9 anos e meu nome é maisa eu morra em Peixoto de Azevedo MT rua portal do mazonas centro minha mae é a sandra e e o meu pai é o wagner estudo na alegria de aprende

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamais alimente um animal selvagem... Ele 'gostara' de voce pela troca da comida, mas as chances de sobrevivencia dele serao menores, pelo contato com o ambiente humano. Ele esquecera como se caça, e perdara o receio, se aproximando de predadores nao naturais, como caes, gatos, e o proprio homem.

      Excluir
  6. Quando um homem quer matar um tigre, chama a isso desporto; quando é o tigre que quer matá-lo, chama a isso ferocidade. A distinção entre crime e justiça não é muito grande.

    ResponderExcluir
  7. Apareceu um Urutal, em meu jardim, aqui em Bebedouro, interior de São Paulo (Região de Barretos). Canto lindo, porém muito triste..

    ResponderExcluir
  8. essa ave apareçeu no quintal de casa aqui em vitória-es em maruipe no bairro joana d´arc ela chora muito só choraa noite .....

    ResponderExcluir
  9. caracas irmãos ! vizualizamos uma em sp vila guilherme ficou o dia inteiro próximo ao pooste m cima de um fio . Assustador ! Após pesquisas e fama da ave hoje aconteceu algo SINISTRÃO o pai de um de nossos colega de trabalho veio a falecer . Será que tem algo a ver ? Putz manos velhos da até arrepio só de pensar . Agora vamos trabalhar né rs .ABS!

    ResponderExcluir
  10. Eu acredito que ainda não deva estar em extinção, porém, nestes últimos anos é certeza que seu número deve ter reduzido drasticamente e infelizmente, daqui uns anos possa realmente ser uma ave com risco de extinção. Meu pai dizia que antigamente era comum se deparar com eles nas fazendas e até mesmo ao redor das cidades, mas agora é bem mais raro. Moro em Ribeirão Preto - SP e em uma árvore perto da minha casa eu vi e ouvi um urutau durante uma semana. Ontem eu ouvi novamente em outro ponto do meu bairro, não sei se é o mesmo ou se é a segunda ave, eu acho que são duas e tomara que seja. Abraços, Anderson

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar