quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Paleontólogos identificaram duas espécies de tigres dente de sabre

Megantereon
LONDRES - Paleontólogos identificaram duas novas espécies de tigres dente de sabre entre fósseis desenterrados da área de Toros Menalla, no Chade, na África: Lokotunjailurus e Megantereon.

Com presas afiadas e pesando entre 350Kg e 490Kg, especialistas acreditam que os dentes de sabre devem ter sido os predadores mais ameaçadores para primatas como Toumai, hominídeo de sete milhões de anos descoberto em 2001 no deserto de Djurab, na região central do mesmo sítio africano.

Desde a descoberta do crânio fossilizado de Toumai (que significa "esperança de vida" na linguagem local do Chade), os paleontólogos estudam os fósseis deste sítio e até recriaram uma imagem do meio ambiente onde o hominídeo teria vivido. Foram encontrados fósseis de peixes, anfíbios e crocodilos, sugerindo que havia um lago no local.

Megantereon: Um dente de sabre do tamanho de um leopardo de un leopardo

O Globo

2 comentários:

Sinta-se a vontade para comentar