sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Aranhas apreciam o odor do chulé

Um novo estudo descobriu um fato curioso: o cheiro fedido de meias suadas, apesar de repulsivo aos humanos, atrai mosquitos e aranhas. O odor aparentemente os ajuda a caçar suas vítimas: os mosquitos querem se alimentar de pessoas, enquanto as aranhas querem devorar os mosquitos.

Evarcha culicivora
A descoberta veio quase que por acaso. Todos os mosquitos que transportam o parasita da malária pertencem ao gênero Anopheles. Pesquisas anteriores descobriram que o mosquito Anopheles gambiae é atraído pelo odor dos seres humanos.

A aranha saltadora da África Oriental, Evarcha culicivora, reconhecidamente prefere mosquitos Anopheles como presa. Ela é o único predador conhecido que visa especificamente o sangue dos mosquitos como sua presa preferencial.

Os pesquisadores notaram que essas aranhas muitas vezes se aventuravam nas casas dos cientistas no Quênia ocidental. Elas pareciam muito mais calmas em torno de humanos do que outras espécies de aranha.
As presas da E. culicivora acham o odor humano atraente, então os pesquisadores decidiram testar se a aranha também achava. Em um laboratório no oeste do Quênia, eles testaram mosquitos e aranhas com uma meia limpa e uma usada por 12 horas. As 109 aranhas testadas, machos e fêmeas, jovens e velhas, todas tinham significante preferência por câmaras com cheiro de meia fedorenta.

Os cientistas sabem que a ideia de uma aranha gostar do cheiro humano é assustadora. Isso é sem precedentes na história, visto que é a primeira vez que se encontra uma aranha que acha o odor humano atraente.

Segundo os pesquisadores, as descobertas podem levar a novas maneiras de eliminar os mosquitos que carregam a malária. A E. culicivora nunca será a solução mágica para a malária, mas poderia ser um pedaço pequeno no quebra-cabeça da malária, e é algo que existe no meio ambiente, de graça. Não há motivos para não se aproveitar essa arma natural. [LiveScience]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar