domingo, 27 de março de 2011

Epilepsia matou famoso urso polar Knut

FRANKFURT, 26 de março - (Reuters) - Knut, o famoso urso polar órfão, que levou milhares de visitantes ao Zôo de Berlim, morreu depois de um ataque epiléptico, de acordo com um neurologista citado pela revista Focus.

Uma tomografia computadorizada revelou anomalias no cérebro do urso, que pode ter herdado a epilepsia do seu pai, Lars, que também é epiléptico.

Knut, de quatro anos, que se tornou famoso no mundo todo, à medida que ele crescia e se transformava do ursinho fofo para um predador de 200 quilos, morreu na frente de visitantes do zôo, apavorados, no fim de semana passado.

O Instituto Leibniz de Pesquisa em Vida Selvagem e Jardim Zoológico de Berlim está examinando o cérebro de Knut. Segundo veterinários, Knut poderia ter herdado da epilepsia a partir de Lars seu pai, que também sofria de ataques epiléticos.


O neurologista Christian Elger, da Universidade de Bonn disse que os movimentos de Knut, que antecederam a sua queda assim como as convulsões, eram sintomas de um ataque epiléptico. "Aqueles que sofrem de epilepsia têm 23 vezes mais probabilidade de morrer por afogamento", disse Elger.

Knut ficou famoso quando foi rejeitado pela mãe e foi criado pelo seu guardador, Thomas Doerflein.

Os visitantes iam assistir o guardador e o ursinho brincando juntos. O correio alemão lançou um selo em homenagem a Knut e o urso apareceu na capa de diversas publicações, incluindo a edição alemã da revista Vanity Fair.

Fonte: Sites internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar