quarta-feira, 9 de março de 2011

Leões: como eles criam seus filhotes. Território Selvagem (Discovery Channel)

Leão, O Rei da Selva
Leão Espécies

Os leões são mamíferos carnívoros que vêm da família Felidae. Eles estão distribuídos geograficamente em sua maioria na África sub-Sahariana oriental e austral, mas também podem ser encontradas em jardins zoológicos internacionais, Índia e algumas partes da Ásia. A população destes animais vulneráveis diminuiu drasticamente nas últimas décadas, sem razão sólida sobre o porquê. Acredita-se que os confrontos com os seres humanos e a perda do habitat pode ser uma possibilidade, mas para ajudar a promover e preservar a monitorar essas criaturas, eles geralmente são mantidos dentro das reservas e parques. Apenas oito sub espécies são reconhecidos hoje e há uma pequena gama de híbridos com leões resultados de acasalamento com tigres, onças e leopardos para criar criaturas únicas. Esta prática é desencorajada e só iniciou em zoológicos.

Leão Manes

Estes reis da selva podem pesar entre 110 e 250 quilogramas, dependendo do sexo e idade e pode crescer até chegar a 14 anos no estado selvagem e à idade de 20 anos em cativeiro. Tornam-se capazes de caça aos dois anos de idade e são plenamente desenvolvidos depois de 5 ou 6 anos. Os leões machos são distinguíveis por suas crinas impressionante, o que significa a sua masculinidade e reflete sua saúde. Quanto mais escura e espessa a juba, mais saudável o leão. Ele permite que os leões parecem mais fortes e assustadoras para espantar os inimigos, especialmente os humanos, e apela a leoas que são cientificamente comprovados para acasalar com leões com crinas grossas e escuras.


Leão Branco
O lendário leão branco que se pensava ser fruto da imaginação há menos de cinqüenta anos atrás, quando os filhotes de leão branco foram descobertos. Isto é devido a um gene recessivo e eles não são albinos, como eles têm pigmentação nas partes vitais, tais como olho e pata, e lábio. Sua condição é chamada de leucismo que significa que eles só têm perda de pigmentação na pele e pêlo. Há menos de cinqüenta leões brancos no mundo.

Alguns leões foram conhecidos por comer os seres humanos no entanto, isto é devido apenas por aqueles leões que sofrem lesões e deficiências o que torna difícil para eles caçarem presas naturais, perseguindo assim os seres humanos. Como eles são mais fracos, também são mais fáceis de serem capturados. Várias outras teorias incluem que eles apenas agem querendo se defender. Outra é que o seu habitat natural não estando disponível e não querendo morrer de fome, eles atacam os seres humanos. O pensamento de que os leões são predadores dos seres humanos criou ignorância e aumentou a quantidade de caça, incentivando o extermínio dessas criaturas. Os seres humanos têm avançado sobre os territórios que pertenceram aos leões e, forçando-os a deixar sua casa natural, demolindo ainda mais seu habitat e estilo de vida, deixando-os a sofrer e destruir. Leões são listados como sendo uma espécie vulnerável e sua população já está irreversivelmente diminuída.




Os leões têm um elaborado sistema de vida em grupos. Leões são os únicos felinos verdadeiramente sociais, e geralmente vivem em grupos, chamados alcatéias, compostos por até 30 indivíduos. Uma alcatéia típica têm 2 ou 3 machos adultos, e de 5 a 10 fêmeas adultas, além de alguns filhotes.

A maioria dos felinos selvagens vive vidas solitárias, mas não os leões. Eles passam a maior parte de suas vidas como membros de alcatéias.

As leoas de uma alcatéia geralmente são parentes e costumam permanecer na mesma alcatéia por toda a vida. O mesmo não acontece com os machos, apesar de eles permanecerem ali por vários anos. Com o tempo, eles partem e se unem a novas alcatéias ou são escorraçados por outros machos. Os machos jovens que deixam uma alcatéia passam alguns anos circulando juntos até que ganham força suficiente para comandar uma alcatéia própria.

Durante o dia, os leões costumam descansar na floresta, em meio à grama alta ou em planície aberta. Alguns preferem se acomodar em árvores. Os leões costumam ser muito ativos à noite e conduzem a maior parte da sua caça nesse horário. Eles têm excelente visão noturna e ótimos olfato e audição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar