domingo, 13 de março de 2011

Ninhos de tartarugas em Galápagos são destruídos após terremoto no Japão

Terremoto no Japão destrói ninhos de tartarugas em Galápagos

Três parques turísticos das ilhas Galápagos, no Pacífico equatoriano, foram afetadas pelas ondulações produzidas pelo terremoto e tsunami que atingiram o Japão na sexta-feira (11), informou neste domingo a administração da reserva.

Dois deles se localizam na ilha de San Cristóbal e o terceiro na de Santa Cruz, segundo nota preliminar da direção do Parque Nacional de Galápagos.

O informe indica que nessas localidades as praias foram cobertas pelo aumento do nível do mar.

Segundo esse balanço, em El Garrapatero (Santa Cruz), "uma rachadura uniu o mar com uma lagoa de flamingos", que servia também como área de nidificação de tartarugas marinhas. Os ninhos foram destruídos pelas ondas.

No entando, as tartarugas de um centro de reprodução em Santa Cruz e outras espécies haviam sido removidas na última sexta-feira para áreas mais altas da reserva.

Em Santa Cruz, a água adentrou cerca de 400 m pela terra, gerando inundações e danos.

Situado a 1.000 km a oeste da costa do Equador, o arquipélago é composto por 13 ilhas principais, além de 17 ilhotas.

Galápagos foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade há três décadas por sua rica fauna e flora terrestre e marítima, e em 28 de julho de 2010 a Unesco decidiu retirar o arquipélago da lista de reservas em perigo, em que estava desde 2007.

Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar