segunda-feira, 4 de abril de 2011

Doenças que mais matam cães de dez raças

1. Labrador


O labrador, que costuma viver até 13 anos, pode passar por problemas ósseos. As principais doenças que podem levar o pet dessa raça à morte são as as chamadas osteocondrose (que atinge músculos e osso); torção gástrica (quando o estômago rotaciona dentro do corpo); displasia coxofemural (também um problema associado aos ossos e às articulações); e a insuficiência renal (incapacidade do rim de trabalhar)

2. Poodle


O poodle pode ser encontrado de vários tamanhos: padrão (45 a 60 cm), médio (35 a 45 cm), miniatura (28 a 35 cm) e toy (28 cm). Esses cães espertos podem viver até 18 anos. O principal problema de saúde da raça é o câncer. No entanto, problemas de tireoide, pele e articulações também são comuns.

3. Pastor Alemão

A expectativa de vida de cães da raça pastor alemão é 12 anos. Animais de grande porte pesam entre 27 kg e 38 kg. O problema mais comum na raça é a displasia coxofemural, um defeito na formação da articulação do membro traseiro; isso traz dores ao animal, que pode até não conseguir mais andar.

4. Pinscher

O pinscher pode alcançar até 20 anos. Luxação na rótula do joelho e necrose da cabeça do fêmur são comuns no bicho. Outras doenças da raça são eplepsia e sarna demodécica, também chamada sarna negra, que não passa ao humano, mas pode debilitar o animal.

5. Rottweiler


A expectativa de vida do rottweiler é de 10 a 12 anos. O peso varia entre 37 e 65 kg, e o cão pode medir até 68 cm. A raça pode apresentar problemas no quadril, de ligamento, alergias e hipotireoidismo (diminuição da produção dos hormônios da tireóide que afeta toda a saúde do animal)


6. Shih-tzu
O shih-tzu pode pesar até 8 kg e sua altura varia entre 20 a 28 cm. O cão pode viver até 15 anos. Os problemas de saúde que a raça pode apresentar são úlcera de córnea, dor de ouvido, pedra nos rins, insuficiência renal e cherry eyes. Este último termo trata-se do deslocamento da glândula da terceira pálpebra, que é responsável pela produção de aproximadamente 30% da lágrima do olho. Isso cria uma bola vermelha nos olhos, que deve ser corrigida com cirurgia.

7. Maltês


Os problemas mais comuns de saúde que o maltês apresenta são nas articulações, no fígado e nos olhos. O cãozinho vive até aos 18 anos e pode pesar entre três e quatro quilos. Ele chega a medir entre 20 a 25 cm.

8. Pit bull
O pit bull pode atingir a altura entre 35 a 50 cm, e seu peso pode variar de 30 a 50 quilos. As principais doenças que podem levar o cão à morte são alergias de pele, dermatite troncular solar canina (queimadura solar em animais de pele rosada na barriga e no focinho), além de fraturas dentárias. O bicho também pode sofrer com displasia coxofemural (defeito na formação da articulação do membro traseiro; isso traz dores ao animal, que pode até não conseguir mais andar)

9. Boxer 



O peso de um boxer varia de 28 a 30 kg e o cão chega a medir entre 57 e 63 cm. A raça pode desenvolver câncer, doenças gástricas e cardíacas, hipotireoidismo e displasia coxofemural (defeito na formação da articulação do membro traseiro; isso gera dores ao animal, que pode até não conseguir mais andar). Um boxer chega a viver 10 anos.

10. Cocker spaniel


As principais doenças que se desenvolvem no cocker spaniel são as de olhos, como catarata, atrofia progressiva da retina e glaucoma (aumento da da pressão intraocular, que pode levar à perda da visão). Epilepsia, surdez, dor de ouvido e cardiomiopatia dilatada (doença do coração que pode matar o bicho) também são comuns. A média de vida dele é de 11 anos. O cão chega a pesar entre 11 e 13 kg e mede de 35 a 38 cm.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar