sábado, 3 de setembro de 2011

Rinoceronte peludo. A origem dos mamíferos gigantes do frio

Animais gigantes da Idade do Gelo teriam evoluído no planalto do Tibete antes mesmo do frio tomar conta da Terra

Casaco da moda: A espécie recém-descoberta de
rinocerontes tibetanos poderia ter sido um criador de tendências,
ajudando seus ancestrais a sobreviver à Idade do Gelo
As terras geladas do planalto do Tibete foram o berço evolucionário de um surpreendente animal que teria chegado à última Idade do Gelo já adaptado ao forte frio, ganhando vantagem antes mesmo que ele começasse. Um fóssil de 3,6 milhões de anos de um rinoceronte peludo encontrado na região indica que o animal desenvolveu um chifre plano em forma de pá para tirar a neve de cima da vegetação que lhe servia de alimento.

Segundo os cientistas, o rinoceronte, assim como outros grandes herbívoros da época, como mamutes e preguiças gigantes, teriam evoluído para se adaptarem ao frio antes mesmo que o gelo tomasse conta de grande parte da Terra. Com as adaptações já presentes, os animais se espalharam para o Norte da Ásia e Europa facilmente depois que a Idade do Gelo começou há 2,6 milhões de anos, afirmam em artigo publicado na revista "Science".

"A extinção dos gigantes da Idade do Gelo, como os mamutes e rinocerontes peludos, as preguiças gigantes e os tigres dentes-de sabre é grandemente estudada, mas muito pouco se sabe sobre de onde esses gigantes vieram", afirmaram em comunicado os pesquisadores do Museu de História Natural de Los Angeles e da Academia Chinesa de Ciências responsáveis pelo artigo. "O planalto tibetano pode ter sido o berço destes gigantes", acrescentaram.

Além do rinoceronte peludo, os cientistas encontraram fósseis de espécies extintas como um cavalo de três dedos, um "bharal" tibetano - também conhecido como ovelha azul, e outros 25 tipos de mamíferos.

- Regiões frias como o Tibete, o Ártico e a Antártica são onde a maior parte das descobertas inesperadas serão feitas no futuro - aposta Xiaoming Wang, do museu americano. - Essas são as fronteiras que ainda estão muito inexploradas.

Primeiras influências: O mesmo processo evolutivo que ajudou o Coelodonta tibetano (rinoceronte peludo) evoluir, fez o mesmo para o mamute dente de sabre e felinos.

 O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar