terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Cacatua se arrisca e põe a cabeça na boca de cadela pastor alemão


Ave se arrisca e põe a cabeça na boca de cadela pastor alemão
Cacatua 'Snowy' e cadela 'Misha' mantêm amizade curiosa.
Dupla pertence à australiana Sylke Popp-Maude, de Armidale.

Um vídeo impressionante (assista) mostra uma cacatua colocando a cabeça na boca de uma cachorra da raça pastor alemão. A ave chamada "Snowy" e a cadela "Misha" pertencem à australiana Sylke Popp-Maude, que mora em Armidale. Segundo a dona, "Snowy" e "Misha" se tornaram grandes amigos e é comum a ave colocar a cabeça na boca da cadela durante as brincadeiras, de acordo com a emissora de TV "Nine News".
Cacatua coloca a cabeça dentro da boca da cadela 'Misha'. (Foto: Reprodução)

Do G1



As Cacatuas estão entre as aves mais conhecidas até por quem não está familiarizado com elas. Com um topete inconfundível e inteligência admirável, elas tornaram-se um dos animais de estimação mais atrativos. As Cacatuas do gênero Cacatua são denominadas também como Cacatuas Brancas, devido à predominância desta cor, enquanto as do gênero Eolophus possuem coloração predominantemente rosada além de outras diferenças osteológicas e genéticas. Cacatuas do gênero Probosciger, predominantemente pretas, são conhecidas como Cacatuas Negras.

Além das savanas, campos abertos, áreas úmidas e áreas na altitude da Oceania, onde são mais facilmente encontradas, algumas espécies podem ser avistadas também nos distritos urbanos construindo ninhos em parques e jardins.

Não fazem deslocamentos grandes de uma só vez, mas sim pequenas escalas durante o percurso. Freqüentemente são vistas em pequenos bandos ou em bandos que ultrapassam 200 indivíduos, sempre fazendo muito barulho, alimentando-se de sementes, grãos, frutos, raízes, insetos e suas larvas. Possuem ainda um sistema de sentinelas, que consiste em algumas delas ficarem em observação sobre as árvores ao redor da área de alimentação, dando um sinal sonoro na eminência de alguma ameaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar