quinta-feira, 26 de abril de 2012

Lêmure ameaçado nasce em cativeiro nos EUA


Lêmure ameaçado nasce após reprodução em cativeiro nos EUA
Espécie natural de Madagascar foi apresentada na Flórida.
Zoo mantém centro de reprodução para animais vulneráveis na natureza.

Um filhote recém-nascido de lêmure-mangusto (Eulemur mongoz) foi apresentado oficialmente ao público pelo zoológico Busch Gardens, em Tampa, nos Estados Unidos, mas quase não foi possível vê-lo durante o evento, realizado nesta quarta-feira (25).

O pequeno se escondeu tanto, que só era possível visualizar seu pequeno rosto, com destaque para os olhos negros, entre uma das pernas da mãe, que, assim como o bebê, estava assustada.
O pequeno filhote de lêmure-mangusto (Eulemur mongoz) fica entre as pernas da mãe no zoológico de Tampa, nos Estados Unidos. (Foto: Matt Marriott/Busch Gardens/Handout/Reuters)


Segundo o zoo americano, no início deste mês nasceram dois filhotes desta espécie graças ao programa de reprodução para animais ameaçados de extinção.

O lêmure-mangusto é natural da Ilha de Madagascar, na África, e segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), a espécie é considerada vulnerável na natureza.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar