domingo, 22 de abril de 2012

Macacos que vivem na neve. Veja

Você já viu o macaco da neve? Eles vivem em Tóquio e suportam temperaturas baixíssimas

Foi em um parque ao norte de Tóquio, no Japão, que o Domingão encontrou um macaco para lá de especial: o macaco da neve, ou também conhecido como macaco japonês. Eles vivem ao norte do país e, diferente das outras espécies, toleram as temperaturas mais baixas. "O segredo deles é a pelagem, que é muito forte", afirmou o biólogo João Paulo Krajewski.


Durante o inverno, o macaco japonês pode viver por meses na neve, enfrentando temperaturas de até -20ºC. Na área onde hoje fica o parque Jigokudani foi construída uma barragem de pedra para empoçar água quente nas montanhas, somente para que os macacos possam tomar banho. Que vida boa, não?

As piscinas naturais aquecidas são hoje um verdadeiro "spa", mas nem todos podem desfrutar dessa mordomia e os macacos que ficam de fora precisam encontrar outras maneiras para se esquentarem. "Em janeiro e fevereiro a neve é forte. Essa região tem várias fontes de água natural, é uma região vulcânica", completou Krajewski.

Domingão do Faustão - Domingão aventura - macacos que vivem na neve - 22/04/12 O Macaco japonês é muito inteligente. É o único animal que não humanos ou guaxinins que é conhecido por lavar sua comida antes de comê-la. Pesquisadores que estudam esta espécie deixaram batata-doce na praia para eles se alimentarem, em seguida, presenciaram uma fêmea levando a comida para o mar para lavá-la, retirando assim a areia da comida. Depois de um tempo, outros começaram a copiar seu comportamento. Esta característica foi, então, passada de geração em geração, até que finalmente, todos, exceto os membros mais antigos do grupo, estavam lavando seu alimento no mar.

Estilo de vida
Macacos da neve vivem em grandes tropas que podem conter mais de 500 animais. O tamanho médio do grupo, no entanto, situa-se entre 40 e 200 indivíduos. As fêmeas normalmente executar o show, e permanecem com o mesmo grupo a vida toda. Jovens machos, eventualmente, separam-se do grupo de suas mães e se juntam a outros.

Moradores da floresta, macacos da neve passam o tempo, tanto no chão e nas árvores. o espaço de suas áreas onde vivem são pequenos, normalmente menos de dois quilômetros quadrados. Quando não estão em atividades de forrageamento, alimentação, ou descansando, eles gastam muito tempo da preparação um outro. Macacos da neve são aprendizes rápidos, e os indivíduos têm sido conhecidos por inventar novos padrões de comportamento, como lavar a sujeira da batata-doce.









Alimento
Onívoros, macacos da neve comem principalmente cascas, galhos, folhas e frutas, mas também insetos, ovos e pequenos vertebrados. Eles também são conhecidos por comer algumas culturas agrícolas, como batatas, ervilhas, e melões, o que causa conflitos com os agricultores.

Ciclo de Vida
Macacos da neve do fêmeas têm normalmente um filhote, que pesa cerca de um quilo ao nascer e são cuidados durante um ano. Às vezes, uma mãe companheira de tropa vai ajudar a cuidar dos seus filhotes. Os bebês atingem a maturidade em 4 anos de idade. Eles podem viver até 30 anos em zoológicos.

Situação populacional e ameaças
O estado de conservação de macacos da neve ainda está sendo avaliado. Embora sejam tradicionalmente protegidos no Japão, sua população diminuiu devido ao desmatamento e à perseguição por pessoas que os consideram uma ameaça às colheitas.

Os esforços de conservação WCS
Os macacos de neve do Central Park Zoo são parte de um Plano de Sobrevivência de Espécies, um programa de criação cooperativa que ajuda a manter populações saudáveis ​​dos animais em jardins zoológicos em todo os EUA

Um comentário:

Sinta-se a vontade para comentar