quarta-feira, 9 de maio de 2012

Cavalos foram domesticados há 6 mil anos, diz estudo


Cavalos foram domesticados há 6 mil anos na Eurásia, diz estudo
Novos exames de DNA revelam que animal foi domesticado há 6 mil anos na região em que hoje estão Ucrânia, Rússia e Cazaquistão.

Cavalos foram domesticados há 6 mil anos na
Eurásia, diz estudo (Foto: Reuters)
Os cavalos foram domesticados por humanos pela primeira vez há cerca de 6 mil anos em campos na Ucrânia, sudoeste da Rússia e oeste do Cazaquistão. A conclusão é de um estudo da Universidade de Cambridge.

A partir de então, cavalos domésticos espalharam-se pela Europa e Ásia, reproduzindo-se com éguas selvagens no processo - diz a pesquisa publicada pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

O trabalho combina duas teorias diferentes sobre a domesticação dos cavalos, assunto que tem sido tema de debates acalorados entre especialistas.


Evidências arqueológicas indicam que os cavalos foram domesticados no oeste das estepes da Eurásia (Ucrânia, sudoeste da Rússia e oeste do Cazaquistão).

Os especialistas acreditam que os animais eram usados como montaria, fonte de carne e leite.

Porém, essas pistas arqueológicas - vestígios de leite de cavalo identificados em panelas muito antigas encontradas nas estepes da Eurásia - parecem contradizer evidências obtidas a partir de exames de DNA mitocontrial.

Segundo esses estudos, a domesticação teria acontecido em vários pontos da Europa e Ásia.

A nova teoria
O novo trabalho analisou amostras de DNA nuclear retiradas de 300 cavalos vivendo em oito países na Europa e Ásia.

Dados genéticos foram inseridos em modelos computadorizados criados para considerar diferentes hipóteses de domesticação.

A pesquisadora Vera Warmuth, do Departamento de Zoologia da Universidade de Cambridge, disse que '[o modelo] mostra que a domesticação do cavalo se originou na parte oeste das estepes e que o alastramento da domesticação envolveu muita integração com cavalos selvagens'.

A teoria explica por que evidências de DNA mitocondrial - que contêm apenas os genes herdados da mãe - mostram que os cavalos foram domesticados muitas vezes, em lugares diferentes.

Na verdade, parece que éguas selvagens eram usadas para repor estoques de cavalos domesticados, talvez porque eles não se reproduziam com facilidade no cativeiro.

Este é o caso do cavalo Przewalski, o mais próximo parente selvagem dos cavalos modernos.
BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar