quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Casuar. A ave mais perigosa do mundo é como ninja: ataca dando chutes, bicadas e tem garra fatal

É o casuar, uma ave da Oceania que pode passar de 1,5 metro de altura e pesar cerca de 60 quilos. Ele tem um gênio terrível e, quando fica zangado, parte com tudo para cima do seu oponente. Suas principais armas são o bico afiado e as garras pontiagudas. Existem vários relatos de pessoas atacadas pelo animal em estado de fúria, que também investe contra cachorros, cavalos e vacas. Essa ave é tão estressada que parte pra cima até de portas e janelas de vidro, pois ao ver seu reflexo acha que um outro casuar a está encarando. "A maioria dos ataques costuma estar associada à busca de comida ou a uma reação à presença do homem no território do animal", afirma o paleontólogo Darren Naish, da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra. No final da década de 1990, um levantamento feito na Austrália mostrou que, num período de dez anos, essas aves partiram pra cima de pelo menos 150 pessoas. O último ataque fatal comprovado, no entanto, ocorreu em 1926. Ótimo nadador e exímio saltador, o casuar (Casuarius casuarius) tem uma aparência bem esquisitona: seu corpo é recoberto de penas pretas, mas sua cabeça é azulada, exibindo ainda uma protuberante crista óssea.


Ave, Maria!


No ataque estilo ninja, o casuar usa chutes, bicadas e garra fatal


1. O casuar é muito irritadiço. Na maioria das vezes as vítimas de seus ataques são pessoas desavisadas que se aproximam da ave para tentar alimentá-la. Mal-agradecida, ela parte pra cima da pessoa dando bicadas e chutes

2. Para atingir sua vítima, o casuar ainda dá pulos de até um metro de altura para usar suas afiadas unhas, localizadas nos três dedos dos pés. Essas garras podem passar de 12 centímetros de comprimento e são capazes de rasgar o pescoço ou a barriga de uma pessoa

3. Além dos humanos, cães também costumam ser atacados pela ave. O casuar odeia cachorros porque é muito caçado por dingos, uma espécie de cão selvagem australiano. O ataque pode ser feito com chutes da ave para frente e para trás

por Yuri Vasconcelos
Fonte: mundoestranho.abril.com.br


O Casuar (Casuarius spp.)  é uma ave do grupo de aves ratitas de grande porte, nativas do nordeste da Austrália, Nova Guiné e ilhas circundantes. É o primo bonito (e mais raivoso) das emas e dos avestruzes. Apesar de ser uma bela ave vegetariana, o casual costuma ser bastante agressivo com qualquer animal (inclusive o homem) que tenha a brilhante ideia de invadir o seu território.

As três espécies de casuar pertencem à família Casuariidae e são, com o avestruz e a Ema, as maiores aves existentes na atualidade. O habitat preferencial do casuar são zonas de floresta tropical, onde haja um grande número de árvores disponíveis para produzir os frutos de que se alimentam. Neste ambiente o casuar desempenha a importante função ecológica de dispersar as sementes das árvores. O casuar é uma figura importante na mitologia das populações nativas da Oceania e representa geralmente uma figura maternal, por proteger com unhas e dentes a sua cria, um dos principais motivos de sua agressividade.

A plumagem do casuar é abundante e de cor acinzentada, com ãpenas coloridas na base do pescoço. Estas aves têm uma crista encarnada no alto da cabeça, que cresce devagar durante os primeiros anos do animal e com função desconhecida. A fêmea não é tão diferente do macho (dimorfismo sexual), sendo apenas um pouco maior e mais colorida, fator determinante na escolha do macho para o acasalamento. Uma característica distintiva é a presença de uma garra em forma de punhal presente no dedo interno. Como nos outros strutioniformes, o casuar tem as asas atrofiadas e três dedos em cada pata.

O casuar é uma ave ágil, que pode correr a cerca de 50 km/h e saltar 1,5 m sem qualquer balanço. Como mencionado anteriormente, são agressivos e territorialistas, em caso de ameaça ao seu habitat ou a sua cria. Enumerado pelo Guinness World Records como o pássaro mais perigoso do mundo, o Casuar está entre as criaturas mais perigosas para se manter em um jardim zoológico. O Casuar tem uma garra enorme como um punhal no segundo dedo de cada pé. Quando confrontado, ele salta no ar e chuta seu inimigo no estilo kung fu, utilizando-se das garras mortais para causar ferimentos graves. Ele pode, literalmente, puxar suas vísceras pra fora. E mesmo se isso não acontecer, seu chute é forte o suficiente para romper seus órgãos internos e causar hemorragia e morte. Ou seja: NUNCA aborde um desses pássaros.

O casuar é uma ave importante para o Homem há centenas de anos como fonte de proteína através da carne e dos ovos. Algumas tribos da Nova Guiné têm o hábito de assaltar os ninhos e criar os juvenis até à idade adulta, quando são vendidos ou mortos para consumo local; no entanto o casuar nunca foi completamente domesticado. As penas coloridas são também uma fonte de interesse e o motivo pelo qual no passado os colonos europeus caçaram abundantemente este animal. Atualmente, as três espécies de casuar estão ameaçadas pela destruição de habitat e encontram-se protegidas por lei.

Curiosidades extraordinárias de animais extraordinários: O Casuar - Amigos do MDig amigos.mdig.com.br

2 comentários:

  1. Casuar. A ave mais perigosa do mundo é como ninja: ataca dando chutes, bicadas e tem garra fatal.
    CASUAR é o nome da ave!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para comentar