quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Irmãos gorilas vibram em reencontro após passarem três anos separados


O gorila Kesho, de 13 anos, e irmão mais novo Alf, de 9, cresceram juntos no Zoológico de Dublin, na Irlanda, mas não se viam há quase três anos. Os dois se reencontraram no Longleat Safari, na cidade de Wiltshire, na Inglaterra, e mataram a saudade com um forte abraço.

De acordo com o site “Mail Online”, os irmãos se reconheceram imediatamente, apesar de Kesho estar com o visual bem diferente. Eles se separaram em 2010, quando o irmão mais velho foi enviado para um zoológico em Londres, como parte de um programa de reprodução. Depois de algum tempo e diversas tentativas de reproduzir a espécie, os especialistas descobriram que Kesho é infértil, e ele foi enviado ao encontro de Alf. Mas o tempo que passou em companhia feminina provocou mudanças visíveis.
Os gorilas se abraçam Foto: Reprodução / Mail Online

O aumento do nível de testosterona produziu uma mancha prateada em Kesho. O gorila ganhou muito peso. A cabeça dele também cresceu bastante, assim como o pescoço. As mudanças são identificadas com facilidade, quando Kesho é comparado com o irmão, bem menor.
- Não tínhamos certeza de que os irmãos se reconheceriam. Mas deu para ver que se reconheceram nos olhos deles, assim que se encontraram - contou Mark Tye, funcionário do zoológico. - Eles ficaram se tocando através da jaula que os separava temporariamente, e não houve sinais de agressão.

Os animais ficaram separados nas jaulas por 24 horas, para que os cuidadores do zoo estudassem as reações, e só depois conseguiram se abraçar.

- Eles estavam muito animados - garantiu Mark. - É bastante incomum ver esse tipo de comportamento infantil em um gorila prateado - disse ele, se referindo a Kesho.
Os gorilas estava há três anos separados Foto: Reprodução / Mail Online

Segundo Mark, os irmãos têm um vínculo muito forte. Mas caso tivessem se estranhado, os dois entrariam em confronto. Provavelmente seriam agressivos um com o outro.

- É ótimo para Alf ter um irmão mais velho para cuidar dele e ensinar. E Kesho parece estar curtindo muito ser o centro das atenções. É muito satisfatório ver isso - afirmou Mark.

Kesho e Alf viverão juntos em uma área nova construída para os gorilas, no Longleat Safari. O investimento para reproduzir o habitat deles custou cerca de R$ 9,5 milhões. [extra.globo.com]

Dois irmãos gorilas que passaram três anos separados se reencontraram ontem com um abraço apertado.
A cena emocionante aconteceu na última quarta-feira Longleat Safari Park, na Inglaterra, onde ganharam um recinto de 3 milhões de libras.

Kesho, 13, e Alf, 8, nasceram no zoológico de Dublin, na Irlanda, e foram separados quando Kesho foi enviado a um programa de reprodução em Londres.
Mark Tye, tratador de gorila em Longleat, disse ao jornal "Daily Mail", que não tinha certeza se um iria lembrar do outro.

"Mas o momento em que eles se encontraram, você podia ver que eles se reconheceram em seus olhos. Eles estavam se tocando já das jaulas e não houve sinais de agressão", contou.

Segundo Tye, eles passaram 24 horas lado a lado em jaulas diferentes, depois eles ficaram juntos e era como se eles nunca tivessem sido separados.

"Eles estavam muito animados e o chão até tremia, mas eles não foram agressivos. É bem raro ver esse tipo de comportamento infantil em gorilas mais velhos", disse.

Há uma tese que os gorilas, cujo código genético é 98% semelhante ao dos humanos, podem se identificar pela forma de seus narizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar